terça-feira, 8 de junho de 2010

Aula 2 – Geografia Básica, Representações Cartográficas e Escalas

Geografia Básica

Localização

Para que as pessoas pudessem compreender as referencias geográficas fornecidas por outrem, tornou-se necessário o estabelecimento de pontos fixos de referencia. Estes conhecidos como Pontos Cardeais e Colaterais. Estes pontos de referência são simbolizados pela Rosa dos Ventos, figura ao lado.
No dia-a-dia, podemos situar-nos através da posição do sol, do cruzeiro do sul, da lua, ou, através de uma Bússola.

Movimentos da terra

Rotação – é o movimento que a terra realiza em torno de seu eixo, uma volta completa equivale a um dia.
Translação – é o movimento que a terra realiza em torno do sol, uma volta completa equivale a um ano, que por sua vez equivale a 365 movimentos completos de rotação.

Estações do ano

Estão relacionadas à inclinação do eixo da terra, e a aproximação ou afastamento dos polos em relação ao sol.
Solstício – fenômeno que ocorre duas vezes ao ano, e indica o momento de maior inclinação da terra em relação ao sol, resultando no maior dia, e na maior noite do ano, marcando o inicio do verão e do inverno respectivamente.
Equinócio – fenômeno que ocorre duas vezes ao ano, e, indica o momento de menor inclinação da terra em relação ao sol, resultando em dias e noites com exatamente 12 horas cada, demarcam o início da primavera e do outono.

Estações da lua

A lua também realiza um movimento de translação em torno da terra, no entanto não realiza movimento de rotação, daí a expressão lado negro da lua, sempre vemos a mesma face da lua iluminada pelo sol.
De acordo com a posição da lua em relação ao sol, a luz deste reflete na lua de quatro maneiras diferentes, Lua Nova, quando a face de trás da lua esta sendo iluminada, e praticamente não a vemos, Lua Crescente, quando a face direita da lua esta iluminada, Lua Cheia, quando o sol ilumina completamente a face visível da lua, e Lua Minguante quando enxergamos apenas o lado esquerdo da lua.
Um ciclo lunar dura aproximadamente 28 dias, ou seja, mensalmente temos todas as estações lunares.

Representações Cartográficas

Elementos de um mapa

Um mapa é um desenho que tem a intenção de reproduzir um determinado local. O nome formal destes desenhos é “representação cartográfica”, e nele constam elementos como:

Título: indica o que o mapa visa representar;
Escala: indica a medida representada em relação à medida real;
Legenda: traduz símbolos e cores que possam aparecer no mapa;
Rosa-dos-Ventos: indica a direção dos pontos cardeais no mapa;

Diferentes projeções

Os mapas podem ser feitos à partir de diferentes projeções, cada qual possuindo vantagens e desvantagens, as mais comuns são:

Cilíndrica: É a representação feita à partir de um cilindro. Ela preserva as formas no paralelo, ou meridiano no qual ela fizer sua tangencia, as áreas afastadas do ponto de tangência ficam destorcidas de acordo com o aumento da distancia. As representações cilíndricas mais conhecidas são as de Gall-Peters e Mercator.

Projeção de Mercator: 


A projeção cilíndrica de Mercator, é comumente utilizada para a navegação, por preservar a forma dos continentes, em detrimento da área destes, podemos perceber o hemisfério norte alongado, onde a Groenlândia parece ser treze vezes maior.

Projeção de Gall-Peters:


Outra projeção cilíndrica, esta conhecida como uma projeção terceiro-mundista, pois, por preservar a equivalência das áreas, em detrimento das formas, apresenta a África e a América do Sul com maior destaque, mesmo que estes alongados.

Cônica: É a representação feita à partir de um cone, esta representação não mostra o planeta em sua totalidade, são ideais para a representação de alguma região determinada, pois representa fielmente a área de tangência

Símbolo da ONU - representação Azimutal
Azimutal: É uma representação que preserva as distancias em detrimento da área, é muito utilizadas com fins geopolíticos, pois esta projeção consiste em traçar o mapa à partir do ponto desejado.

Escalas

A escala de um mapa nos diz o quanto um centímetro no mapa, representa em centímetros da realidade, simbolizado, por exemplo, por 1:100, que significa 1 centímetro do mapa representa 100 centímetros da realidade, para facilitar a conversão:
100 centímetros = 1 metro
100.000 = 1 kilometro

PS- Espero realmente ter ajudado. Salam.

3 comentários:

fabinha disse...

muito bomm esta me ajudando bastante obrigada

Juliana Pigatti disse...

Mt bom estou estudando para uma prova e está me ajudando :)

pedro alves disse...

Muito bom, ótima base para estudar.