segunda-feira, 14 de junho de 2010

Aula 6 – Placas Tectônicas, Relevo e fenômenos Endógenos e Exógenos

Placas Tectônicas

Como já vimos anteriormente, a crosta terrestre localiza-se diretamente após os metais incandescentes do núcleo. Esta crosta é composta por placas tectônicas, que são massas rochosas em um lento e constante movimento. É este movimento das placas tectônicas que efetuou a ruptura do continente Pangéia formando os continentes como os conhecemos. 

 As Placas Tectônicas


Este movimento das placas é constante, o que significa que o mundo ainda está em mudança. Esta mudança pode ser evidenciada pelos terremotos, como os que acompanhamos recentemente no Haiti e no Chile, erupções vulcânicas, como a recente erupção de um vulcão no País de Gales, e pelas formações rochosas recentes, como  a Cordilheira dos Andes.

Relevo

Relevo pode ser definido como o conjunto das formas da crosta terrestre. No nosso dia-a-dia, sem que percebamos, identificamos muitas das formas de relevo, como morros, planaltos, planícies, depressões e vales.
Seguem exemplos de algumas formas de relevo mais genéricas:

- Montanha - Uma grande elevação abrupta, o conjunto de montanhas é conhecido como cordilheira, e o espaço entre duas montanhas é chamado de vale

- Planalto - É um terreno nivelado, com uma altitude maior de 300 metros em relação ao nível do mar

- Planície – Terreno nivelado com uma altitude próxima a do nível do mar

- Depressão – São áreas mais baixas que as áreas em seu entorno, existem duas formas de depressão
- Absoluta – Quando a depressão atinge um nível inferior ao nível do mar
- Relativa – Quando a depressão é apenas inferior às áreas que a cercam, ficando ainda acima do nível do mar

Fenômenos Endógenos e Exógenos

As formas de relevo não são imutáveis, estando sujeitas a mudanças químicas e físicas, e a ação do homem. Os diferentes fenômenos são divididos em duas categorias, que veremos a seguir.

Endógenos

Os fenômenos endógenos são os fenômenos INTERNOS, ou seja, os que ocorrem do lado de dentro da superfície terrestre como:

Vulcanismo – É a forma em que o magma (conjunto de metais e minerais incandescentes, líquidos, do centro da terra) é expelido para a superfície terrestre, estes metais e minerais resfriam alterando as formas de relevo e criando novas paisagens.

Tectonismo – Como já vimos anteriormente estamos sobre placas tectônicas, e o movimentos destas placas tectônicas influi diretamente nas formas do relevo, o encontro destas placas tectônicas forma cordilheiras, e, o afastamento destas, forma falhas geológicas.

Terremotos – Ou abalos sísmicos. O encontro de placas tectônicas, por vezes, causa um tremor de terras, que pode vir a alterar as configurações urbanas.

Exógenos

Os fenômenos exógenos são os fenômenos EXTERNOS, ou seja, os que ocorrem do lado de fora da superfície terrestre:

Intemperismos- São desgastes no relevo causado por fenômenos físicos e químicos da natureza, como as chuvas, as águas dos rios e as tempestades. Podemos observer este efeito, por exemplo, em rios que com o tempo se tornam mais rasos e mais largos, devido ao deposito de terra em seu leito, efeito conhecido como assoreamento.

Ação das ondas – A força com que as ondas batem nas rochas litorâneas, com o passar do tempo tem o poder de moldálas, a areia presente na praia é resultado deste processo.

Ação humana – A ação do homem na natureza funciona como um agente exógeno, charcos podem ser aterrados, montanhas são escavadas para que se retirem terras e minérios, enfim, a construção civil é um forte modificador do relevo.

Ação dos ventos – Apesar do fraco poder erosivo, modifica a paisagem movimentando as dunas.

PS- Espero que estas breves explicações possam colaborar com o desenvolvimento de seus conhecimentos geográficos. Caso fiquem dúvidas, por favor, utilizem o espaço reservado aos comentários, sua dúvida poderá e deverá servir como um acrescimo a aula. Obrigado e Salam.

14 comentários:

Anônimo disse...

amei este site muito obrigada me ajudaram bastante;D

Anônimo disse...

Site ótimo! ajudou bastante em um trabalho meu de geografia. Estou Grata, embora isso seja uma coisa fundamental. Está bem explicado.
Tchau, tchau. :*

Anônimo disse...

Amei esse site! tem tudo explicadinho.Agora só não passa no vestiba quem não quer.

Girl disse...

foi o suficiente!!!valeu

Anônimo disse...

Amei me ajudou muito obrigada ...

Jéssica Machado disse...

Muito boa a página. Parabéns *-*

Anônimo disse...

Incrível! Achei td! ♥

Anônimo disse...

Muito bom!!!

Vinicius Barroso disse...

Muito bom

Vinicius Barroso disse...

Muito bom

Osmar Rezende disse...

Fabuloso. Sucinto e rico ao mesmo tempo. Impossível não assimilar.
Obrigado

Anônimo disse...

Quem provoca os movimentos exógenos?

E.R.Saracino disse...

Os efeitos exógenos são aqueles que acontecem de fora pra dentro. Chuvas recorrentes em uma mesma rocha, por exemplo, vão causando transformações nessa rocha. A remoção de um morro pra construção de um prédio também é um efeito exógeno.
Nós causamos, a natureza causa e até mesmo o universo, se pensarmos na colisão de um pequeno asteróide :)

Larissa Sebasthyane disse...

Muito Obrigada!Me ajudou bastante para meu trabalho de Geografia...